Pesquisa > Itens de Primeira Necessidade > Corpo Sitiado > A Luta > Questão Equacionada no Corpo > Keep It Real

quarta-feira, abril 30

DERVIXES GIRANTES


Um giro secreto em nós
faz girar o universo
A cabeça desligada dos pés,
e os pés da cabeça. Nem se importam.
Só giram, e giram.

- Rumi



Girando...
A palavra dervixe descreve um Sufi que está à porta da iluminação. Um Sufi é um membro masculino da ordem dos dervixes rodopiantes, famosos em todo mundo. É um místico. A palavra Sufi vem da palavra-raiz grega 'sophos' que significa sabedoria. (Segundo o Xeque Abdullah Khalis El-Mevlevi, "...a palavra Sufi...[vem] da palavra árabe Sûf, que significa lã. Outra palavra para Sufis é tassawwuf que significa 'de lã'.")
No Oriente Médio acredita-se que o dervixe está em oração e que seu corpo se torna aberto para receber a energia divina. Os sultões turcos sempre consultavam os Dervixes em tempos difíceis. O girar deles gerava um efeito relaxante e hipnótico no qual os sultões podiam buscar orientação.
Durante essa cerimônia religiosa solene, acredita-se que o poder divino entra pela palma da mão direita, apontada para cima, passa pelo corpo e sai pela palma da mão esquerda, apontada para baixo, em direção à terra. O dervixe não retém o poder nem o direciona. Ele aceita que é o instrumento de Deus e portanto não questiona o poder que entra e sai dele.
Há discussões sobre pra qual lado se deve girar. Alguns pontos a serem observados:

Comece lentamente, para crescer e depois diminuir novamente.
Comece andando num giro para a direita (sentido horário) com os braços para baixo rentes ao corpo.
Depois de alguns giros completos traga a palma da mão direita para cima (braço totalmente esticado) e a palma da mão esquerda para baixo (braço totalmente esticado).
Continue girando para a direita por algum tempo. (preferencialmente 7 giros completos)
Então, levante a mão esquerda um pouco acima dos ombros mas não na mesma altura da cabeça. Ao mesmo tempo incline a cabeça de forma que a orelha esquerda encoste no ombro, ainda girando para a direita.
Tombe a cabeça para a frente, com o queixo perto do peito e os olhos mirando o chão. Os braços continuam altos e você girando para a direita. Incline a cabeça para a direita, a orelha direita encostando no ombro e você olhando em direção à mão direita. Ainda girando para a direita.
Tombe a cabeça para trás e olhe para o céu. Ainda girando para a direita.
Sempre comece o giro pela direita. Só depois de muitos giros você troca a posição dos braços e muda os giros para a esquerda (sentido anti-horário). Deve-se sempre terminar com giros completos para a direita. As oscilações e círculos de cabeça podem ser no sentido contrário do giro.

1 comentários:

l.h. disse...

ai que lindo marcelo, fiquei com vontade de ver.